Contains:  Solar system body or event
A new vision of Mare Humboldtianum, 



    
        

             Astroavani - Avani Soares

A new vision of Mare Humboldtianum

A new vision of Mare Humboldtianum, 



    
        

             Astroavani - Avani Soares

A new vision of Mare Humboldtianum

Technical card

Imaging telescopes or lenses: Celestron C14 EDGE HD

Imaging cameras: ZWO ASI 290MC

Mounts: CGE Pro

Software: Fire Capture  ·  AS!2  ·  Photofiltre - Irfan

Filters: Baader Planetariun IR Pass 685



Resolution: 1135x926

Locations: Observatório Parsec, Canoas, Rio Grande do Sul, Brazil

Data source: Backyard

Description

This is a region I can not help but admire, in my humble opinion one of the most beautiful places on the lunar rim since, if you have the happiness of observing or photographing in a proper hoax.
When the Moon stands on a suitable slope, the mountains that border the edge of the Mare Humbolditianum stand out against the black background of the sky in a wonderful way.
You who like to observe or photograph the Moon must always be aware of these opportunities caused by the hovering movement.
The Libration event is due to the non-perfect synchronism of the rotation and revolution of the Moon, which allows us to observe around 9% of the lunar face (the boundary zone of the hidden face) opposite the Earth, which is invisible when we observe the Moon our position on Earth. The hover happens due to the actual or apparent displacement (oscillation) of the lunar axes relative to their average positions. Consequently, this "reeling" of the Moon allows us to see 59% of its surface at certain moments. These maximum hovering moments between North, South, East and West Libration, whether in latitude or longitude, offers us an interesting opportunity to make observations and images of these lunar regions still unknown to most of us.

Essa é uma região que eu não canso de admirar, na minha modesta opinião um dos locais mais lindos da borda lunar desde que, se tenha a felicidade de observar ou fotografar numa libração adequada.
Quando a Lua se posiciona numa inclinação adequada, as montanhas que margeiam a borda do Mare Humbolditianum, se destacam contra o fundo negro do céu de uma forma maravilhosa.
Você que gosta de observar ou fotografar a Lua, deve sempre estar atento a estas oportunidades causada pelo movimento de libração.
O evento de Libração se deve ao não perfeito sincronismo do movimento de rotação e revolução da Lua que permite observarmos em torno de 9 % da face lunar (a zona limítrofe da face oculta) oposta a Terra, a qual é invisível quando observamos a Lua de nossa posição na Terra. A libração acontece devido ao deslocamento (oscilação), real ou aparente, dos eixos lunares em relação às suas posições médias. Conseqüentemente este ''cambalear'' da Lua nos permite ver 59% de sua superfície em determinados momentos. Estes momentos de libração máxima que se alternam entre Libração Norte, Sul, Leste e Oeste, seja em latitude seja em longitude, nos oferece uma interessante oportunidade para fazer observações e imagens dessas regiões lunares ainda desconhecidas para a maioria de nós.

Comments

Revisions

  • A new vision of Mare Humboldtianum, 



    
        

             Astroavani - Avani Soares
    Original
  • A new vision of Mare Humboldtianum, 



    
        

             Astroavani - Avani Soares
    C
  • Final
    A new vision of Mare Humboldtianum, 



    
        

             Astroavani - Avani Soares
    D

Histogram

A new vision of Mare Humboldtianum, 



    
        

             Astroavani - Avani Soares